Dirty Dancing – Ritmo Quente (1987) – Resenha #9

by:

Filmes

Dirty Dancing – Ritmo Quente é um filme de drama romântico-musical lançado no ano de 1987, foi dirigido por Emile Ardolino e conta com grande atores nos papeis principais sendo eles Patrick Swayze (Johnny Castle) e Jennifer Grey (Frances Houseman).

O filme conta a história de Frances conhecida como Baby que foi passar as férias com a família em um resort no Catskill, um dia estava ajudando Robbie (Max Cantor) a carregar umas melancias e descobre o lugar que os funcionários do hotel vão se divertir e dançar.

É nesse lugar que a Baby conhece o Johnny, o instrutor de dança e dançarino do hotel, era óbvio que ela se apaixonaria por ele, quando a parceira de Johnny fica grávida ela pede então para que Baby vá dançar no lugar dela e é ai que a magia do filme começa, pois começamos ver a grande conexão que os dois possuem.

Falando um pouco sobre o figurino percebemos como as roupas dos atores principais são bem marcantes e contrastantes, Johnny sempre usa roupas escuras enquanto Baby sempre está com cores alegres e leves.

Uma das músicas presentes no filme “She’s Like The Wind” é cantada pelo próprio Patrick Swayze, em Dirty Dancing vemos que é um romance de verão, porém, as suas gravações foram feitas durante o outono sabe aquela cena clássica do lago? Se não conhece vou deixar o vídeo aqui:

Você percebeu que não há zoom no rosto dos personagens? Por conta das gravações serem feitas no outono não houve zoom nessa cena, pois os atores estavam com os lábios roxos.

O filme conquistou dois prêmios, o Oscar de 1988 como a Melhor Música Original – “(I’ve Had) The Time of My Life” e o Globo de Ouro também como a Melhor Música Original, a sua fotografia é linda assim como a sua arte é um filme que vale a pena ser assistido e passado pelas gerações.