Serial Killers: assassinos sanguinários e desumanos

Conheça alguns dos serial killers mais sanguinários

Confira abaixo alguns dos serial killers que estão entre os mais sanguinários de todos os tempos, eles foram cruéis, loucos, desumanos, alguns deles fatiaram e até devoraram partes de suas vítimas

Richard Trenton Chase

Richard Trenton Chase

Um serial killer norte-americano que matou cerca de seis pessoas no intervalo de um mês na década de 70, recebeu o apelido de “Vampiro de Sacramento”. Neste momento você está pensando o porquê que ele recebeu este apelido? Bom, ele bebeu o sangue de suas vítimas e devorou partes dos corpos delas. Segundo o próprio Chase, o motivo dele praticar os crimes foi a prevenção de que nazistas amigos de alienígenas transformassem seu próprio sangue em pó através de um veneno que eles colocaram sob a saboneteira que ele tinha em casa.

As vítimas de Chase foram Ambrose Griffin, um engenheiro de 51 anos de idade, Teresa Wallin (ela estava grávida), Evelyn Miroth – tinha 28 anos, Don Meredith – o vizinho de Evelyn, Jason – 6 anos e David de 22 meses. Todas as vítimas foram mortas a tiros e Chase foi pego logo depois de terem visto ele enquanto estava tentando se livrar dos corpos.

Richard Trenton Chase foi condenado a morte na câmara de gás porém, ele cometeu suicídio na prisão e morreu por causa de uma overdose de antidepressivos que foram prescritos pelo médico da instituição.

John Wayne Gacy

Serial Killer John Wayne Gacy

Nascido em Chicago em 1942, John teve uma infância traumática, era espancado e chamado de bicha por seu pai alcoólatra, ele também sofreu traumatismo craniano aos 15 anos, em 1968 ele foi preso, estava praticando atos sexuais com um jovem no banheiro de um bar.

Em 1972 ele começou a matar, suas vítimas eram homens, os mais jovens sempre recebiam propostas de emprego, iam até a casa de Gacy, eram embebedados, amarrados em uma cadeira e sofriam os abusos. No ano de 1978, a polícia de Illinois, efetuou uma busca na casa nº 8213 da West Summerdale Avenue, interrogou seu morador, John Wayne Gacy – um palhaço amador, querido pelas crianças da cidade e dificilmente ele teria cometido algum crime.

Ai está o engano de todos, antes de irem, um dos policiais sentiu um cheiro desagradável na casa, mas Gacy disse:

“É só um entupimento nos canos de esgoto. ”

Mesmo assim os policiais decidiram investigar, no porão de Gacy foram encontrados os restos mortais de 29 garotos entre nove e vinte e sete anos, nos corpos foram encontrados sinais de tortura, estrangulamento e violência sexual.

John Wayne Gacy foi condenado a 21 prisões perpétuas e 12 penas de morte. Quando ele estava aguardando a sua hora no Corredor da Morte do Menard Correctional Center de Illinois, ele recebeu um apelido dado pela imprensa de “Palhaço Assassino” e passava seu tempo fazendo desenhos infantis, especialmente palhaços.

Hoje em dia suas ilustrações são consideradas itens de coleção.

Ottis Elwood Toole

Serial Killer Ottis Elwood Toole

Ele nasceu em 5 de março de 1947 em Jacksonville – Flórida, a mãe de Toole era uma fanática religiosa e ele chegou a dizer que ela iria vesti-lo com roupas de meninas e chama-lo de Susan, o pai dele era um alcoólatra que o abandonou.

Quando criança, Toole foi vítima de agressão sexual e incesto nas mãos de seus parentes e pessoas próximas, incluindo sua irmã mais velha e um vizinho. Ele também chegou a alegar que sua avó materna era uma satanista, que o expôs as práticas e rituais satânicos durante sua juventude, como automutilação, roubo de túmulos e o apelidou de “Filho do Diabo”. Ele alegou que tudo isso começou quando ele assumiu ser gay para sua família.

Ottis chegou a alegar que era responsável por mais de cem mortes, muitas de suas vítimas foram degoladas, ele as comia, fazia churrasco com seus corpos e até cozinhava algumas partes, ele também chegou a participar de rituais onde virgens eram usadas.

Ottis foi condenado por seis acusações de assassinato e admitiu mais quatro acusações, mas ele se retratou e afirmou uma série de acusações durante sua estadia na prisão. Ele também recebeu duas sentenças de morte, mas com recursos foram alterados para prisão perpétua. Seu fim chegou através de uma doença, ele morreu de doença hepática.

A história de Ottis Toole e dos outros serial killers citados está resumida, mas quem sabe algum dia surge um post (gigantesco) sobre cada um deles, por hora é isso. No fórum Autoracing tem um post que tem uma entrevista de Ottis Toole.

Se você encontrou algum erro, por favor nos avise. Quer ver mais assuntos como este? Comenta ai!

Fonte [MegaCurioso][Wikipédia]